CJ Ramone quase entrou no Metallica

Ex-baixista dos ícones do punk recusou por causa do filho, que tem autismo

O baixista CJ Ward, mais conhecido como CJ Ramone, fez uma declaração bem curiosa ao blog musical The Great Southern Brainfart: quase substituiu Jason Newsted no Metallica.

De acordo com ele, houve dois convites: um logo após a saída do ex-baixista e outro pouco tempo depois. Ele foi lembrado por indicação de Kirk Hammett, que era muito amigo de Johnny Ramone, falecido guitarrista da banda pioneira do punk rock. No entanto, não pôde aceitar nas duas ocasiões por causa de seu filho, que havia acabado de ser diagnosticado com autismo.

“Eu não podia abandoná-lo”, afirmou. “Até falei com o médico dele, dizendo que poderia levar a família para a estrada e, inclusive, contratar uma enfermeira. Mas ele respondeu que o garoto precisava dormir sempre no mesmo lugar, ter refeições em horários marcados e ir à escola para conviver com outros meninos.”

“O lado bom de tudo isso é que meu filho está tendo uma evolução maravilhosa: vai a escolas normais e até está começando uma banda”, explica o ex-Ramone. “Teria sido maravilhoso tocar no Ramones e, depois, no Metallica. Sempre curti heavy metal e o Black Sabbath é minha banda predileta. Mas beleza, não tenho motivos para me arrepender ou ter remorsos.”

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Publicidade

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Informação, entrevistas, lançamentos e muito mais!