Flea explica playback do RHCP no Super Bowl

Baixista ainda afirma que faria tudo novamente
Como você viu aqui, a performance do Red Hot Chili Peppers com Bruno Mars no Super Bowl do último Domingo foi feita através de playback dos instrumentos.

Obviamente muita gente está falando e discutindo a respeito do assunto e Flea, baixista dos Peppers, decidiu publicar uma mensagem no site oficial da banda para esclarecer as coisas:

“Quando fomos convidados pela NFL e por Bruno para tocar nossa música “Give It Away” no Super Bowl, foi deixado bem claro que os vocais seriam ao vivo, mas a bateria, baixo e guitarra seriam gravados anteriormente. Eu entendo a posição da NFL quanto a isso, já que eles só têm alguns minutos para montar o palco e há zilhões de coisas que podem dar errado e arruinar o som para as pessoas assistindo no estádio e na TV. Não houve espaço para discutir quanto a isso, a NFL não quer arriscar o show do intervalo com um som ruim, ponto final.

A posição do Red Hot Chili Peppers quanto a playbacks sempre foi de simplesmente não fazer. A última vez que fizemos (ou tentamos) foi no final dos Anos 80, quando fomos tirados do programa Top Of The Pops no Reino Unido durante os ensaios porque nos recusamos a fazer o playback corretamente. Eu toquei baixo com meu sapato, John tocou guitarra em cima dos ombros de Anthony e nós basicamente praticamos luta livre no palco, tirando sarro da ideia de que era uma performance ao vivo.”

A mensagem de Flea é grande e o baixista ainda disse que o Super Bowl foi como “gravar um clipe na frente de milhões de pessoas” além de agradecer a NFL e Bruno Mars pelo convite, dizendo que faria tudo novamente.

Fonte: TMDQA

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Publicidade

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Informação, entrevistas, lançamentos e muito mais!