Sambora comenta novamente saída do Bon Jovi

Guitarrista disse que seus solos eram descartados
Durante entrevista concedida à revista alemã Gitarre Und Bass, o guitarrista Richie Sambora comentou mais uma vez a saída do Bon Jovi. “Estive na banda por 30 anos, a maior parte da minha vida. Estive lá para eles. Sejamos francos: poucos solos que criei foram utilizados nos últimos trabalhos”, afirmou.

De acordo com Sambora, o ritmo de trabalho do Bon Jovi estava prejudicando sua vida pessoal. “Eu estava com pouca vida familiar. A última turnê durou um ano e meio. Chegou o momento em que me perguntei se valia a pena, pois estava me sentindo um robô”, disse.

Principal parceiro de composição do vocalista Jon Bon Jovi na banda, o guitarrista disse que a química de composição havia acabado. “Só tivemos química por uns três discos”, afirmou, provavelmente se referindo aos primeiros trabalhos, da década de 1980. “Não tive dúvidas na escolha entre o dinheiro e a felicidade. Já estou rico o suficiente. Não sei o que acontece com a banda, mas devem ter arrumado um bom substituto. Só que um músico de estúdio é o bastante para ocupar a vaga de Keith Richards nos Rolling Stones?”, concluiu. As informações são do portal Revista Cifras.

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Publicidade

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Informação, entrevistas, lançamentos e muito mais!