Malcolm Young é internado com demência, diz jornal

O guitarrista não faz mais parte do AC/DC

Malcolm Young, guitarrista, letrista e cofundador da lendária banda australiana AC/DC, cuja saída do grupo foi anunciada na última semana, foi internado em uma casa de repouso em Sydney, na Austrália, com demência, informou na sexta-feira (26) a imprensa local.

“Se você está em um quarto com Malcolm, sai um momento e retorna minutos depois, ele já não te reconhece. Perdeu completamente a memória imediata. Sua esposa Linda o pôs sob cuidado em período integral”, disse uma fonte próxima à família do músico ao jornal “Sydney Morning Herald”.

No último mês de abril, foi anunciado que o músico, de 61 anos, sofria uma doença séria, mas sua natureza se manteve em segredo, e, por isso, não participaria da gravação do álbum “Rock or Bust”, que será lançado em novembro.

Seu sobrinho Steve, que o substituiu nessa gravação, ocupará o lugar de Malcolm Young na turnê mundial que o AC/DC realizará em 2015 e na qual estarão os outros integrantes do grupo: Angus Young, Brian Johnson e Phil Rudd.

O site da banda anunciou a saída do guitarrista com a seguinte mensagem:

“Depois de 40 anos de vida dedicada ao AC/DC, o guitarrista e membro fundador Malcolm Young está deixando a banda por problemas de saúde. Malcolm gostaria de agradecer às legiões de fãs no mundo inteiro por seu infinito amor e apoio. Diante dessa notícia, o AC/DC pede que privacidade de sua família seja respeitada durante este tempo. A banda vai continuar a fazer música”.

As informações são do portal G1.

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Publicidade

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Informação, entrevistas, lançamentos e muito mais!