Def Leppard gravou guitarra de “Hysteria” corda por corda separadamente? Phil Collen responde

É verdade que Phil Collen, do Def Leppard, teria gravado corda por corda, separadamente, todo o álbum "Hysteria"? Não é verdade que ele fez tudo dessa forma, mas um trecho de uma música em especial foi gravado assim.
Foto: Dave Hogan / divulgação

Uma das lendas urbanas mais conhecidas entre fãs de rock e guitarra é que Phil Collen, do Def Leppard, teria gravado corda por corda, separadamente, todo o álbum “Hysteria”. Lançado em 1987, o disco apresenta algumas das músicas de maior sucesso da banda.

Será que isso é verdade? Se sim, como isso teria sido feito?

Em entrevista ao canal da Sweetwater no YouTube, com transcrição do Ultimate Guitar, Phil Collen disse que não é verdade que ele tenha gravado as guitarras de todo o álbum corda por corda, separadamente. Porém, há um trecho de uma das músicas onde esse procedimento realmente foi adotado.

Trata-se da música “Hysteria”, que recebe o mesmo título do álbum. O pré-refrão, que se inicia aos 50 segundos da canção, utilizou esse método peculiar – algo que o produtor Robert John “Mutt” Lange também teria feito com o AC/DC, em discos clássicos como “Highway to Hell” (1979) e “Back in Black” (1980).

“Fiz isso naquele pré-refrão na guitarra. Sempre que você faz isso, gera um pequeno arpejo, mas também pode soar como se você estivesse puxando. É suave. Se você usar um teclado, soa como teclado”, explicou.

Ouça abaixo, a partir do 50° segundo:

O músico utilizou uma Fender Stratocaster que ele apelidou de “Felix”. O instrumento conta com três captadores minihumbucker e foi gravado de forma limpa, sem drive.

“Um amigo meu, guitarrista, chegou a nos visitar no estúdio onde fizemos isso. Ele chegou e perguntou o que eu estava fazendo. Depois que ele ouviu tudo, entendeu o que era. É um som único, que preferimos colocar em vez de usar um teclado. A ideia era deixar o pré-refrão mais aberto”, declarou.

Def Leppard, Phil Collen e truques de estúdio

Em seguida, Phil Collen foi perguntado sobre como reproduzir todos esses “truques de estúdio” nos shows. O guitarrista garantiu que dá para fazer tudo em cima do palco – até mesmo os backing vocals, onde ele conta com a ajuda do outro guitarrista do Def Leppard, Vivian Campbell.

“Muitas vezes, eu digo que não consigo cantar e tocar algo específico ao mesmo tempo. Vivian geralmente consegue, ele é muito bom em tocar um arranjo principal e ao mesmo tempo cantar”, disse.

Collen relembrou que o hit “Love Bites”, que também veio do álbum “Hysteria”, foi criada em estúdio – e foi desafiador trazê-la para os shows, mas deu certo. “Você pega as partes mais proeminentes e as partes que você consegue cantar e tocar ao mesmo tempo. Se não der, outro integrante faz. É um processo de eliminação, já que temos só dois guitarristas, e às vezes havia oito trilhas de guitarra na gravação”, comentou.

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Publicidade

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Informação, entrevistas, lançamentos e muito mais!