Uma das grandes lendas do rock narra que Gene Simmons, baixista e vocalista do Kiss, foi o primeiro famoso a ver o Van Halen ao vivo, tendo se tornado depois padrinho da banda. Mas, de acordo com o livro “Eddie Van Halen”, de Neil Zlozower, esta história não está totalmente certa: a honra coube, na verdade, a Paul Stanley.

“Lita Ford (guitarrista das Runaways) e eu fomos ver o Van Halen no Starwood Club, em Los Angeles, em 1977. Fiquei surpreso e levei o Gene comigo na noite seguinte”, disse o guitarrista e vocalista do Kiss.

Simmons também dá um depoimento ao livro, narrando a primeira vez que assistiu aos irmãos Van Halen no palco. “Fiquei boquiaberto. Eles detonaram! Após duas músicas, fui aos bastidores para esperá-los e, quando eles chegaram, ofereci um contrato e os levei ao estúdio. Fomos para Nova York para que assinassem contrato com minha produtora, Man of 1000 Faces”, contou.

Publicidade

“Gravamos uma demo de 13 músicas no Electric Ladyland Studios. Comprei sapatos de plataforma e calças de couro para Dave. Disse a eles que teria que fazer uma turnê e depois arrumaria um contrato. No entanto, após certo tempo, rescindi o acordo. Eles ficaram livres e, após pouco tempo, foram chamados pela Warner Bros.”, completou. “Eu descobri o Van Halen? Não. Eu estava lá. Eu vi. Eu sabia. Eu sou fã.”