Keith Richards: “Morreremos graciosa e elegantemente”

Hoje (12/07) se completam 50 anos do primeiro show dos Rolling Stones

Keith Richards concedeu entrevista à BBC para falar sobre os 50 anos do primeiro show dos Rolling Stones. O guitarrista admitiu não esperar que a banda durasse tanto, especialmente em uma época que os grupos chegavam a, no máximo, 3 anos. “Tinha algo a ver com a geração, que sofria os efeitos da Segunda Guerra Mundial. Era quase um emprego mensal. Termos feito álbuns seguidos no início ajudou a prolongar nossa longevidade. Com os Beatles, mostramos que havia o que expandir”.

Sua maior tristeza em todo esse tempo é a morte de Brian Jones, em 1969. “Foi um choque, éramos muito próximos”. Quanto às drogas, Keith admite que não teria tomado certas coisas se soubesse o que precisaria passar para se livrar delas.

Sobre o futuro, o guitarrista admite que há planos. “Estamos trabalhando, mas nada é definitivo. Tivemos alguns ensaios e algo vai acontecer, só não sei quando. Há vida nos velhos cães. Morreremos graciosa e elegantemente”.

Fonte: Van do Halen

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Publicidade

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Informação, entrevistas, lançamentos e muito mais!