Guitarristas criticam proibição de violões em cadeias 

A medida ocorreu no Reino Unido; Gilmour se manifestou 
Músicos britânicos como David Gilmour, Johnny Marr, Billy Bragg e Richard Hawley criticaram a recente proibição de violões com cordas de aço nas prisões do Reino Unido. Os artistas protestaram publicando uma carta no jornal The Guardian, na qual pedem que o Ministro da Justiça, Chris Grayling, reveja a medida. Eles afirmam que a decisão ignora o importante papel da música na reabilitação dos presidiários.

Segundo informações da Folha de S. Paulo, a proibição de violões com cordas de aço, assim como a restrição de acesso aos livros, foi uma ação do governo do Reino Unido para retirar os privilégios dos presos no final do ano passado e evitar possíveis crimes utilizando as cordas do instrumento – violões de nylon ainda são permitidos.

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Publicidade

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Informação, entrevistas, lançamentos e muito mais!