Jornal vaza exigências de contrato de Jack White

Guitarrista não tocará mais em universidade por conta do ocorrido
As estrelas do rock e do pop costumam ter exigências bem esquisitas para os shows. Entretanto, ao contratá-los, os produtores e casas de noturnas aceitam cumprir todos os termos citados no contrato. No caso de Jack White, as duas partes cumpriram as obrigações, exceto por um detalhe: o contratante deixou vazar o acordo inteiro para um jornal local.

O Oklahoma Daily publicou todas as informações e, agora, Jack White não tocará mais na University of Oklahoma, na Califórnia – nem ele, nem nenhum outro artista da William Morris Entertainment. Segundo o periódico, a empresa não quer mais negociar com a Universidade e “não quer que nenhum outro artista seja tratado desta maneira”. Sendo assim, nada de shows “até que a política seja modificada para não disseminar informações privadas.”

White se apresentou no local na última segunda-feira, 2 de fevereiro. Na ocasião, ele chegou a afirmar para a plateia: “Só porque você pode digitar no seu computador não quer dizer que está certo”. O Oklahoma Daily se defende utilizando a legislação de liberdade de imprensa para vazar as informações.

Entre as curiosidades está que o show de Jack White no local custou US$ 80 mil, que não devem ser vistas bananas em nenhum local do prédio (sério), além de diversas exigências de acomodação, alimentação, bebidas e, claro, de equipamentos sonoros. O contrato, a propósito, tem mais de 20 páginas, e o pedido mais inusitado é uma guacamole que vem acompanhada por uma receita com sete itens e um “modo de preparo” específico.

Veja a lista de exigências completa aqui.

As informações são da Rolling Stone.

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Publicidade

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Informação, entrevistas, lançamentos e muito mais!