Spotify faturou US$ 2,69 bilhões para gravadoras

Serviço tem 60 milhões de clientes, sendo 15 milhões pagos
O serviço de música por streaming Spotify já faturou US$ 2,69 bilhões para a indústria fonográfica desde seu lançamento, em 2008, em plena febre de downloads ilegais, afirmou nesta segunda-feira o representante de comunicação da empresa para o sul da Europa, Miguel Bañón.

No Fórum Tecnológico na cidade espanhola de Las Palmas, Bañón informou que 70% do faturamento do aplicativo sueco é encaminhado aos donos dos direitos autorais, uma forma de combater a pirataria musical. Bañón ressaltou que a liberação das restrições para o uso do streaming nos dispositivos portáteis, assim como as ofertas lançadas, foram dois aspectos fundamentais para o aumento no número total de usuários ativos até o fim de dezembro, quando chegou a 60 milhões de clientes, sendo 15 milhões pagos.

O representante do Spotify ainda enfatizou que a empresa surgiu em plena crise econômica, quando a pirataria musical “estava no ápice” e as vendas das gravadoras caíam 52%, mas era o momento em que mais se escutava música no mundo.

As informações são do G1.

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Publicidade

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Informação, entrevistas, lançamentos e muito mais!