Max Cavalera conta como emputeceu Lemmy

Músico chegou a jogar vinho no líder do Motörhead

Em entrevista ao RockSverige.se, Max Cavalera confessou que as coisas não deram muito certo quando conheceu Lemmy.

“O Sepultura estava abrindo para o Motörhead na Alemanha. Eu era jovem. Fomos fazer uma sessão de fotos e joguei vinho nele. Estava sendo um idiota, mas, na minha cabeça, aquilo era rock and roll. No último show da turnê, entramos pelados no palco durante a apresentação deles. Lemmy queria me matar, disse a Gloria que era melhor não deixar que eu me aproximasse. Fiquei triste, pois era um herói para mim. Em 1996, logo após a morte de Dana (enteado de Max), conversamos e ele disse que sentia muito. Aproveitou para falar que estava tudo bem entre nós. Fiquei feliz”.

As informações são do portal Van do Halen.

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Publicidade

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Informação, entrevistas, lançamentos e muito mais!