Júri decide que não houve plágio em ‘Stairway to Heaven’

Banda foi acusada de roubar os acordes iniciais do clássico de 1971

Um júri decidiu a favor do Led Zeppelin ontem (23) em um julgamento sobre violação de direitos autorais em um tribunal federal em Los Angeles.

A banda foi acusada de roubar os acordes iniciais do clássico 1971 “Stairway to Heaven” da introdução de outra música um grupo americano. O vocalista do Led Zeppelin, Robert Plant, havia negado ter cometido plágio na introdução do hit. Ele disse em depoimento à Justiça americana ter escrito a canção décadas atrás na zona rural da Inglaterra. Após dois anos de procedimentos judiciais, um juiz federal decidiu que a canção não havia sido plagiada, mas considerou que havia material suficiente para um processo.

Plant e Page foram processados por supostamente plagiar os melancólicos acordes de guitarra da abertura de “Taurus”, canção da banda de rock psicodélico de Los Angeles Spirit, editada três anos antes.

As informações são do G1.

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Publicidade

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Informação, entrevistas, lançamentos e muito mais!