Edu Ardanuy: “O brasileiro tem que parar com essa história de se ‘americanizar'”

Em workshop, o guitarrista fala sobre a valorização do músico brasileiro

A pergunta: “O que falta para os guitarristas brasileiros para conseguirem alcançar um status maior em termos internacional, tipo G3”?

Ardanuy, responde: “falta o brasileiro acreditar nisso o que você está falando. Se desce um gringo em Cumbica com o sobrenome ou primeiro nome John, pra tocar blá, blá… com ingresso a 300 reais, em 2 semanas, o ingresso se esgota. Aí vem o cara que está trabalhando há 25 anos no Brasil e a molecada pra pagar 15 pratas, pensa 25 vezes. Vai perguntar se tem algum ingresso sobrando para o Iron Maiden, os caras vendendo ingresso a 300 paus.”

Publicidade

O músico ainda enfatiza a questão do patriotismo. “O brasileiro tem que parar com essa história de se ‘americanizar’. Tem quer ser mais nacionalista. A questão do brasileiro não ter o mesmo status de qualquer gringo é pelo fato, do músico brasileiro não ser valorizado dentro do seu próprio país. Tenta convencer um americano que tem algum guitarrista melhor que eles, o cara vai rir da sua cara. Tenta convencer um inglês que exista um guitarrista melhor que eles, vão rir da sua cara. Agora, tenta o brasileiro convencer que o guitarrista daqui é bom, o mesmo vai rir da sua cara”.