Vocalista do Slipknot conta que a banda quase acabou em 1999

A separação seria um protesto contra a indústria da música

O vocalista do Slipknot, Corey Taylor, afirmou que a banda quase acabou depois do lançamento do primeiro disco, também denominado Slipknot, em 1999. Segundo o cantor, o ato seria uma forma de protesto contra a indústria da música.

“Eu me lembro de como ficamos excitados com a ideia. Nós fizemos um álbum monstruoso e nos separar seria como dizer: isso é tudo que vocês vão conseguir. Fodam-se”. Taylor disse que chegou a contar para alguns amigos que a banda ia acabar e eles, é claro, pensaram que os músicos estavam loucos.

Apesar da aparente paixão pela ideia de jogar tudo para cima e dar um “prejuízo” na indústria da música, a banda continuou junta e dois anos depois lançou seu segundo disco, Iowa.

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Publicidade

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Informação, entrevistas, lançamentos e muito mais!