O produtor, Glenn Fricker, gravou um vídeo onde faz uma espécie de review da linha de amplificadores Spider V. As conclusões tiradas por ele não são das melhores, pelo menos para os fabricantes do produto.

Para começar, ele se refere ao amp como “a pior série de amplificadores de todos os tempos”. Ele argumenta que o amplificador não tem identidade e parece não ter um público alvo definido.

Publicidade

“Com 30 watts, ele não serve nem sequer para uma pequena jam com um baterista. Se é feito para músicos de quarto, qual o sentido?”. Ele também fala que esse conceito de amps feitos para tocar em casa, com pouca potência era necessário anos atrás, mas a realidade mudou.

“Dez anos atrás, muitos Spiders eram vendidos porque eles eram necessários. Eram amplificadores baratos, soavam horríveis, mas deixavam as crianças felizes. Nesse tempo a tecnologia avançou e eles não são mais necessários”.