Um estudo da McMaster University, de Hamilton (Canadá), concluiu que o baixista é o integrante mais importante de uma banda. Segundo a pesquisa, um ouvinte consegue identificar melhor erros cometidos na linha de baixo por causa dos registros graves.

A metodologia do estudo foi a seguinte: os participantes ouviam sons agudos e graves ao mesmo tempo e em algum momento um dos dois saia do ritmo. O resultado foi uma melhor percepção dos erros vindos dos sons graves.

A pesquisa foi registrada na Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos. Para ler o estudo (em inglês), acesso o link.