Segundo guitarrista, Hendrix morreu por falta de atendimento médico qualificado

Uli Jon Roth falou em entrevista ao The Metal Voice que Hendrix poderia ter sobrevivido se tivesse um atendimento médico qualificado

Em entrevista ao The Metal Voice, o guitarrista Uli Jon Roth afirmou que Jimi Hendrix não teve o atendimento médico adequado no dia em que morreu. Segundo o músico, as pessoas que fizeram os primeiros atendimentos não tinham qualificação.

“Se ele fosse colocado em uma ambulância devida, com pessoas treinadas, não creio que tivesse morrido”, afirmou. Roth ainda disse que antigamente os paramédicos não eram treinados. “Geralmente era o motorista que fazia o procedimento”, completou.

A informação sobre o despreparo dos paramédicos teria vindo de Monika Dannemann, uma ex namorada de Hendrix com quem Roth foi casado. Jimi Hendrix morreu vítima de overdose, causada por remédios e álcool, no dia 18 de setembro de 1970, aos 27 anos.

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Publicidade

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Informação, entrevistas, lançamentos e muito mais!