Samsung E-Festival: Saiba como funciona a fase final

Dez projetos vão ser selecionados para a fase final do Samsung E-Festival

As inscrições para o Samsung E-Festival Instrumental foram encerradas no último dia 30. Agora, os projetos inscritos vão passar pela avaliação da curadoria, que vai escolher os 10 melhores para seguir para a fase de votação popular.

Os escolhidos vão passar por um processo onde eles têm que buscar contato com o público para conseguir votos. Já nessa fase, todas as bandas (ou artistas solo) fazem uma chamada de vídeo com o curador do evento, o maestro Ruriá Duprat.

“A ideia desse contato é sentir o clima e ter uma noção do que está acontecendo com cada um dos projetos”, disse Duprat. Quem vencer o concurso vai ter um contato maior com o maestro.

Premiação

Um dos prêmios do vencedor do Samsung E-Festival Instrumental é a gravação de um single. “Eu faço todo o processo de produção da música. É tipo uma relação de coaching com o vencedor”, afirma o maestro.

Mas a experiência que Duprat passa para o projeto vencedor não para por aí. Ele também vai dar conselhos para o artista, que vai ter a oportunidade de se apresentar ao lado de um grande nome da música brasileira.

“Eu dou minha opinião em relação ao repertório. É interessante que as músicas não sejam tão introspectivas, pois no ao vivo a capacidade de concentração do público é menor”, disse.

Para Duprat, todos os projetos selecionados acabam ganhando muito com o concurso, mesmo aqueles que não chegam a vencer. “Quando o projeto chega na final, ele acaba tendo um contato muito grande com o público. Isso acaba sendo um plus na carreira, porque muita gente fica sabendo. Nunca mais a banda vai ser a mesma”, conclui.

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Publicidade

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Informação, entrevistas, lançamentos e muito mais!