Steve Hackett dá dicas para conquistar o público ao vivo

"É o caso de tocar músicas que agradam à audiência", diz o ex-guitarrista do Genesis
Steve Hackett tocando ao vivo

Durante uma entrevista recente com a revista Guitarist Magazine, o ex-guitarrista do Genesis e atual artista-solo Steve Hackett foi convidado a revelar sua melhor dica para conquistar o público em shows ao vivo.

“Eu acho que é o caso de tocar músicas que agradam à audiência. O difícil é que as composições só se tornam clássicas com o passar do tempo… Músicas familiares dão ao público um sentimento de pertencimento, a ideia de que as canções fazem parte da trilha sonora deles, assim como fazem parte da minha vida”.

Para Steve, novas músicas podem não ser o melhor caminho para “ganhar” as pessoas. “Infelizmente, não importa quão boas ou quão bem elas sejam recebidas, pois tendem a não ter o mesmo efeito imediato que as antigas”.

Não deixe de ler: Steve Hackett: “Fiz o tapping antes de Van Halen”

Set-up

Durante a conversa, o guitarrista também aproveitou para descrever o seu equipamento atual. “Uso um par de amplificadores reedições Marshall 1987X de 50 watts, um SansAmp GT2, um Line 6 DM4 e um DL4, um DigiTech Whammy, um Electro Harmonix Micro POG, um MXR 90, um pedal de volume e um Dunlop Cry Baby wah-wah, que é pouco acionado”.

Ele continuou: “Já em relação aos instrumentos, utilizo uma Fernandez goldtop com whammy bar e um captador Sustainer – essa guitarra era de Gary Moore. Também uso um violão Zemaitis de 12 cordas e um Yairi com cordas de nylon”, diz.

Conheça mais a carreira de Steve Hackett acessando o site oficial do guitarrista.

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Publicidade

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Informação, entrevistas, lançamentos e muito mais!