Nita Strauss em foto posada
Publicidade
Cursos de guitarra

Em recente entrevista para divulgar seu primeiro álbum-solo, chamado Controlled Chaos, Nita Strauss falou sobre as músicas compostas e fez uma revelação: nunca havia tocado um violão até a gravação do disco.

“Foi tudo muito espontâneo”, diz Strauss sobre o trabalho. “Sou uma artista muito emotiva e uma pessoa emocional, então queria escrever um álbum verdadeiro e honesto sobre quem sou agora. Eu não queria reciclar riffs de 10 ou 12 anos atrás”.

Publicidade

Leia também: Nita Strauss faz declaração de amor às guitarras Ibanez

Primeira vez

“Várias vezes me perguntaram: ‘Qual é a música mais desafiadora do álbum?’. E, para mim, é ‘Hope Grows’, porque é lenta e tem violão, um instrumento que nunca toquei. Nunca tive um violão… Então eu tive de pedir emprestado para gravar o álbum. É a primeira música em que eu não coloco distorção”, revela a guitarrista.

“Tocar de forma acústica foi realmente desafiador para mim e estou feliz por ter dado um passo para fora da minha zona de conforto. Fiz isso porque se trata de uma música muito mais vulnerável. Essa foi uma faixa muito pessoal de compor, então estou muito feliz”, completa Strauss.

Em seguida, confira a música citada pela artista:

Diversidade sonora

A guitarrista também comentou a pluralidade de climas presentes em Controlled Chaos. “De brilhante e divertido a agressivo e sombrio, de calmo a caótico… Este álbum é uma maneira de eu dar ao ouvinte um vislumbre da minha personalidade e do que se passa em minha mente”.

Ela acrescentou: “Produzir e fazer a maior parte da engenharia de som neste álbum foi um desafio para mim de muitas maneiras. Aprendi muito sobre mim mesma no processo e estou muito animada em compartilhar isso com vocês agora!”.

Acompanhe as novidades da carreira de Nita Strauss pela página da guitarrista no Facebook.