Dave Mustaine ao lado de Joe Satriani

Líder do Megadeth, Dave Mustaine comentou a participação na turnê Experience Hendrix, que começou no início deste mês com nomes como Joe Satriani, Eric Johnson e Zakk Wylde.

“Posso ser realmente franco com você? Tenho a minha ‘família metaleira’, mas tento não agir como se eu fosse melhor do que qualquer outra pessoa. Mas, nesta turnê, tenho experimentado muitos momentos de fanboys. Por exemplo, ontem à noite eu disse a Joe Satriani o quanto aprendi com ele…”.

Publicidade

Elogios a Satriani e Eric Johnson

Mustaine explica: “Apenas estar perto dele me fez relaxar. Sou uma criatura de hábitos e faço o mesmo em todas as apresentações. Sempre acho que as pessoas querem ouvir a música – creio que elas não querem me ouvir improvisar. Então fiquei muito tenso quando comecei essa turnê”.

O líder do Megadeth afirma que assistir à apresentação de Satch o fez ficar mais tranquilo. “Ver Satriani tocar realmente me mudou. Fora o Zakk, ele é o mais parecido com metal por aqui. E, apesar de Eric Johnson não ser do metal, posso dizer que ‘Cliffs of Dover’ é uma das mais belas canções de guitarra que ouvi na minha vida”, confessa Mustaine.

“Isso vai soar muito idiota, mas, quando peguei uma balsa em torno desses penhascos, fiz questão de ouvir essa música… E eu entendi. Agora sei porque ele deu esse nome, é uma coisa incrível de se ver”.

Em seguida, ouça a faixa “Cliffs of Dover”, de Eric Johnson:

Leia: Dave Mustaine: “É difícil gostar de alguns ex-membros do Megadeth”

Próximo álbum

Dave Mustaine também falou sobre o processo de composição para o novo disco do Megadeth.

“Tenho cerca de oito músicas, e há uma que é a favorita de todos, o que é ótimo. Não estou dizendo que há apenas uma boa música até agora (risos)… Vamos apenas dizer que, sempre que tenho essa primeira música, sei que estou a caminho de outro grande disco. Nós vamos fazer 12 ou 13 faixas desta vez”.

Quer ficar por dentro das novidades sobre o Megadeth? Então acesse o site oficial da banda.