Kirk Hammett tocando guitarra com bonecos de terror ao fundo

Durante recente entrevista, o guitarrista do Metallica, Kirk Hammett, falou sobre sua paixão por filmes de terror e explicou como o heavy metal se relaciona com o gênero cinematográfico.

“Provavelmente, o primeiro filme de terror que vi foi o britânico The Day of the Triffids, de 1962. Eu tinha cinco anos de idade e fui criado assistindo a desenhos animados e filmes da Walt Disney… Então, de repente, encontrei esse filme na televisão. O sentimento que tive foi muito original e emocionante, eu só queria mais”.

Publicidade

Terror e heavy metal

Discutindo a conexão entre filmes de terror e o metal, Hammett comentou: “É o lado sombrio da vida. Ambos são realmente bons em capturar sentimentos sombrios – as emoções mais tenebrosas que todos experimentam na vida”.

“Uma boa música de heavy metal tem os mesmos ingredientes de um bom filme de terror: intensidade, drama, sensação de suspense, agressão, energia, adrenalina, alívio e, depois, satisfação total”, completa Hammett, que possui umas das maiores coleções de terror do mundo – são centenas de pôsteres raros, bonecos, fantasias e roupas originais das mais diversas eras do cinema.

Sobre guitarras

Obviamente, outra paixão na vida de Hammett são seus instrumentos musicais. No ano passado, o músico afirmou que, ao longo do curso de sua carreira, há guitarras que estão em suas mãos pelos últimos 30 anos.

“Sinto que tenho um relacionamento com os meus instrumentos”, afirmou Kirk. “Eles soam bem, fazem o que quero, e consigo tirar deles a minha melhor performance constantemente”. Com as guitarras certas, o músico diz que chega até o fundo de sua alma e, consequentemente, consegue tocar qualquer coisa.

Quer acompanhar as novidades sobre o Metallica? Então visite o site oficial da banda.