Foto: divulgação

O guitarrista Eric Johnson contou, em entrevista ao canal de Rick Beato no YouTube, quais os solos de guitarra que mudaram a vida dele. A transcrição do bate-papo foi feita pelo site Ultimate Guitar.

Johnson foi perguntado sobre qual solo ele aprendeu, ainda jovem, que alterou a forma de ele tocar guitarra. “Lembro que uma das primeiras coisas que aprendi foi ‘New York City Blues’, do Yardbirds. Eu não entendia o que Jeff Beck fazia. Depois, aprendi ‘The Nazz Are Blue’, que mudou minha forma de pensar. Foram essas duas”, afirmou.

O músico comentou que essas duas canções o deixaram intrigado. “Era guitarra, mas estava um pouco além da guitarra, era como se transformasse em outra coisa”, disse.

Ele também citou o solo de ‘Happening Ten Years Time Ago’, mais um do Yardbirds. “É tão belo, incluindo o tom, que me fez pensar na música de forma mais séria”, afirmou.

Eric Johnson também mencionou músicos de outros instrumentos que exerceram influência em sua forma de tocar e criar. Ele citou Paul Desmond, Bill Evans, Keith Jarrett, Joe Zawinul e Herbie Hancock – este último, definido como “o Mozart dos dias de hoje”.

Durante a conversa, ele também citou que ouviu ‘Manic Depression’, clássico de Jimi Hendrix, na rádio recentemente e soava como algo até mais novo do que no passado. “Talvez seja por eu estar mais velho, mas há certa organicidade na guitarra”, disse.

Assista à entrevista, na íntegra, a seguir (em inglês, sem legendas):