Fotos: divulgação

A pandemia do novo coronavírus provocou uma enorme mudança na indústria musical. Artistas grandes e pequenos tiveram que cancelar ou adiar seus planos. São os casos de Kiss e Metallica, duas bandas gigantes de rock que precisaram remarcar suas vindas ao Brasil, que ocorreriam no primeiro semestre deste ano.

O Kiss remarcou a turnê pelo Brasil para novembro. Já o Metallica, que também traz o Greta Van Fleet, reagendou a turnê para dezembro.

Em entrevista ao programa de TV americano ‘Good Morning L.A.’, o vocalista e baixista Gene Simmons chegou a dizer que o Kiss não voltará a fazer shows até que uma cura para a Covid-19 seja encontrada. “Nós vamos voltar quando estiver seguro, quando houver uma cura. Nunca colocaríamos nossos fãs em perigo, ou nós mesmos”, disse.

Em seguida, o músico refletiu: “Podemos falar sobre os grandes números, os bilhões de dólares perdidos. Os ricos, famosos e bonitões, que usam roupas bobas como essa que estou usando… bilhões de dólares pelo ralo. E daí? Estamos falando de mães solteiras e famílias que vivem a cada salário recebido”.

Lars Ulrich, baterista do Metallica, abordou o assunto de forma mais cautelosa. Em bate-papo online com a empresa americana de softwares Salesforce, ele disse que existe uma chance de os shows da banda em um futuro próximo não acontecerem nas datas marcadas.

“Era para eu estar no Brasil nesta semana, fazendo shows na América Latina. Foram adiados para o outono (primavera, no Hemisfério Sul). Faríamos festivais na América do Norte em maio. Alguns foram adiados, outros foram cancelados. Não sei como serão as datas remarcadas. Espero, claro, que possamos tocar e juntar pessoas pela música, mas sabemos que há uma chance significativa de nenhuma dessas datas acontecer, pois juntar milhares de pessoas em shows talvez não seja a ideia de saúde e segurança para todos em 2020”, afirmou.

O baterista revelou que o Metallica tinha planos já definidos não só para os próximos meses, como, também, para os anos seguintes – até que a pandemia aconteceu. “Eu posso contar para você como meu ano de 2021 seria. Planejamos anos para frente. E tudo isso é uma grande lição para todos aqueles que gostam de estar no topo e controlando todo elemento de nossa existência até que, de repente, estamos aqui sem saber como serão nossos próximos meses”, afirmou.

Agenda do Kiss no Brasil:

  • 10/11 – Estádio Nilson Nelson, Brasília (DF);
  • 12/11 – Estádio Parque do Sabiá, Uberlândia (MG);
  • 14/11 – Allianz Parque, São Paulo (SP);
  • 15/11 – Arena Eurobike, Ribeirão Preto (SP);
  • 17/11 – Pedreira Paulo Leminski, Curitiba (PR);
  • 19/11 – Local a confirmar, Porto Alegre (RS).

Agenda do Metallica no Brasil:

  • 14/12 – Estacionamento da Fiergs, Porto Alegre (RS);
  • 16/12 – Estádio Couto Pereira, Curitiba (PR);
  • 18/12 – Estádio do Morumbi, São Paulo (SP);
  • 20/12 – Estádio do Mineirão, Belo Horizonte (MG).