Foto: reprodução / Facebook

O guitarrista Joe Bonamassa divulgou, em suas redes sociais, um curioso vídeo do início de sua carreira. Na filmagem, o músico aparece abrindo um show de B.B. King em 1989 – na época, Bonamassa tinha apenas 12 anos de idade.

Usando o nome artístico Smokin’ Joe Bonamassa, o então jovem guitarrista chegou a abrir 20 apresentações para B.B. King. O músico impressionou ao tocar para públicos na Pensilvânia e em Nova York, nos Estados Unidos.

No vídeo, Bonamassa está empunhando uma guitarra Fender Telecaster, na cor vermelha. O instrumento tinha até nome: Rachel, que estava escrito no escudo. O jovem guitarrista também utilizava uma Stratocaster 1972, na cor vinho, chamada Rosie.

Curiosamente, a mãe de Joe Bonamassa era contra deixá-lo fazer shows em dias letivos – afinal, o menino ainda estava no que chamamos, por aqui, de ensino fundamental. Só que ela acabou reconsiderando com o convite feito pelo próprio B.B. King.

Por sorte, parte da turnê foi realizada durante as férias do jovem músico. “Quando as aulas voltaram, o professor pediu para fazermos um texto sobre o que fizemos nas férias. Escrevi um relato detalhado da turnê com B.B. King. O professor escreveu em resposta: ‘por favor, pare de inventar coisas em sua casa de doces em Lollipop Lane, na terra do faz-de-conta. Mas eu tinha a minha credencial de backstage para provar”, relembrou.

Assista:

Após concluir os estudos, Joe Bonamassa mergulhou de vez na música. Antes mesmo de fazer 18 anos, ele estava tocando em uma banda chamada Bloodline com os filhos de Miles Davis, Robby Krieger e Berry Oakley.

Embora tenha começado cedo, foi somente em 2000 que Bonamassa lançou seu primeiro álbum solo: ‘A New Day Yesterday’. Na tracklist, uma participação especial: Gregg Allman canta na música ‘If Heartaches Were Nickels’.