Foto: divulgação

A Fender Musical Instruments Corporation (FMIC) fará mudanças em sua estratégia de importação e distribuição de produtos no Brasil. A informação foi antecipada pelo site ‘Música & Mercado‘ e confirmada com fontes da Guitarload.

A Pride Music, importadora que fazia a distribuição exclusiva dos produtos da Fender no Brasil, teve seu contrato encerrado no início deste mês. A partir de então, a FMIC, grupo responsável pela marca, passará a realizar a importação, tendo outras empresas para cuidar da distribuição.

O site ‘Música & Mercado’ apurou que serão, pelo menos, cinco empresas de distribuição, fazendo negócios tanto com o varejo quanto com o consumidor final, com um preço-base a ser seguido. Algumas delas já estão fechadas com a Fender, faltando apenas assinar contrato para confirmar a novidade.

A Pride Music seguirá, por enquanto, atuando em venda online e sistema de comissão para lojas. A empresa ainda não se manifestou oficialmente sobre o fim do contrato. A Fender também não se pronunciou, seja para confirmar ou negar a novidade.

A mudança na importação e distribuição deve impactar no preço final ao consumidor, de acordo com o ‘Música & Mercado’. O site apurou que os valores devem cair em pelo menos 25%, o que deve aumentar a força da Fender e marcas associadas, como a Squier, no Brasil.