Duas guitarras tocadas por Eddie Van Halen, no formato Frankenstrat, serão leiloadas pela Julien’s Auctions entre os próximos dias 4 e 6 de dezembro. Os itens fazem parte de um evento realizado anualmente, chamado ‘Icons & Idols: Rock and Roll’.

Outros objetos serão leiloados como uma guitarra quebrada por Kurt Cobain (Nirvana), um manuscrito de David Bowie e outros. Entretanto, as guitarras de Eddie Van Halen são apontadas como os destaques, não só pela raridade em si, mas pela recente morte do guitarrista.

Uma das guitarras é uma 2004 EVH Charvel Art Series, que traz pintura branca com listras e escudo pretos. O instrumento foi usado por Eddie Van Halen em um show em San Antonio, no Texas, em 28 de setembro de 2004, e traz um autógrafo do guitarrista mencionando a data e o local de seu uso. Para comprovar, há até mesmo uma marca de queimadura de cigarro no captador – algo que só Eddie poderia fazer.

A outra é uma réplica da Frankenstrat clássica, nas cores vermelha, preta e branca. A guitarra foi produzida em uma colaboração entre Eddie Van Halen e seu técnico, Matt Bruck, e oferecida de presente a um amigo próximo de Eddie, Bryan Cash, em 1991. O instrumento também foi autografado e traz um recado de Van Halen a Cash.

Estima-se que o valor obtido com cada guitarra seja entre US$ 40 mil e US$ 80 mil (algo entre R$ 223 mil e R$ 446 mil, na cotação atual). São duas raríssimas criações de Eddie Van Halen, que não era exatamente um fabricante de instrumentos, mas tinha suas aventuras no ramo, além de uma empresa que produz guitarras, amplificadores e mais: a EVH.

Vale destacar que a guitarra Frankenstrat original, bem como o equipamento que Eddie Van Halen utilizava nos primórdios, estiveram em uma exposição no Metropolitan Museum of Art, em Nova York, nos Estados Unidos, em abril de 2019.

Para mais informações sobre o leilão, acesse o site da Julien’s Auctions.