Foto: reprodução / Facebook

A rede de varejo de instrumentos musicais americana Guitar Center, uma das maiores do mundo, tem preparado a entrada em um processo de falência. A informação é do jornal ‘The New York Times’.

Nos últimos anos, a Guitar Center enfrentou uma série de problemas financeiros, incluindo a renegociação de várias dívidas e o rebaixamento de sua classificação de crédito. A situação parece ter se tornado insustentável, segundo o veículo de comunicação.

Uma fonte ouvida pelo jornal aponta que a Guitar Center perdeu um pagamento de juros de US$ 45 milhões no início deste mês de outubro. Dessa forma, iniciou-se um período de carência de 30 dias que pode ser classificado como inadimplência caso o valor não seja quitado neste período.

A proposta inicial é que a Guitar Center entre com o pedido de falência no fim deste ano, para facilitar a quitação das dívidas, e a saída dele no início de 2021.

Também é possível evitar a bancarrota da mesma forma que a empresa operou no começo deste ano, ao pular um pagamento de juros com uma troca de dívida de inadimplência. Esse movimento fez com que a classificação de crédito da varejista caísse, mas impediu a falência.

Apesar de suas quase 300 lojas em todo o território dos Estados Unidos, a Guitar Center acumula uma dívida estimada em US$ 1,3 bilhão. A venda de instrumentos musicais aumentou durante a pandemia de Covid-19, todavia, a empresa enfrentou problemas internos e teve que dispensar 9 mil funcionários no início do período.

Nenhum representante da companhia se manifestou sobre o assunto de forma pública até o momento.

Recentemente, em outra entrevista ao próprio ‘The New York Times’, a Guitar Center informou que houve crescimento de “três dígitos” para a maior parte das grandes marcas de seu site. O bom momento nas vendas não parece ter sido capaz de auxiliar a empresa na solução de sua dívida.

* Você está em busca de evolução na guitarra? O Music Clan oferece uma série de cursos para guitarristas que vão desde os estágios mais básicos aos avançados. Acesse o site e conheça!