A Epiphone anunciou novos modelos de guitarras semiacústicas. A linha Epiphone Emperor Swingster investe em um visual chamativo e brilhoso, além de um timbre versátil.

Prometendo ser uma boa opção para músicos de jazz, blues, rockabilly, country e rock, a Epiphone Emperor Swingster tem corpo construído em maple de cinco camadas, além de braço em mogno de perfil SlimTaper, que oferece transições de acordes mais suaves. As escalas são em laurel indiano, com marcação em bloco.

#Publi[pro_ad_display_adzone id="21481"]

No que diz respeito à parte eletrônica, a guitarra apresenta dois captadores Epiphone SwingBucker, com knobs de volume e tone dedicados. Há, ainda, botões de controle de volume do tipo push/pull, que permite acionar a captação em série ou em paralelo.

Entre outros detalhes, estão a presença do clássico vibrato Bigsby, ponte LockTone Tune-O-Matic e tarraxas Grover Rotomatic. Os modelos estão disponíveis nas cores Forest Green Metallic (verde), Delta Blue Metallic (azul) e Black Aged Gloss (preto). A primeira tem hardware na cor dourada, enquanto as outras duas usam detalhes niquelados.

Guitarras semiacústicas Epiphone Emperor Swingster

As guitarras Emperor Swingster foram lançadas no exterior pelo preço de US$ 749 (cerca de R$ 4 mil, na cotação atual e em transação direta). Ainda não há informações sobre um possível lançamento no Brasil. Mais detalhes podem ser obtidos no site da Epiphone.