Cada vez mais aprimorados, os amplificadores digitais, também conhecidos como amplificadores de modelagem, têm ganhado versões diferentes nos últimos anos. A Vox resolveu apostar na portabilidade, ao lançar os amplis Vox Mini Go, bem mais compactos.

Com modelos de 3, 10 e 50 watts, o Vox Mini Go apresenta as mesmas vantagens de um típico amplificador digital: timbres de modelos de outros amplis. Sim: por meio dele, é possível reproduzir sonoridades de outros produtos famosos.

#Publi

No caso específico do Vox Mini Go, isso é possível a partir de uma tecnologia digital chamada “VET”, também usada em seu amplificador digital mais conhecido, o Vox Cambridge50.

Os modelos de 3 e 10 watts trazem configurações de nove amplificadores, além de oito efeitos integrados + vocoder. Já o de 50 watts acompanha 11 tipos de amplis diferentes, bem como os mesmos efeitos e, no geral, algumas especificações adicionais.

Outro atrativo é a presença de 33 padrões de ritmo e tap-tempo para que o guitarrista possa improvisar com uma batida por trás. Há, ainda, entradas para microfone + instrumento e para auxiliar, saída para fone de ouvido e mais atrativos.

No que diz respeito à alimentação, o Vox Mini Go pode ser ligado na tomada a partir de fonte convencional ou por um power bank USB 1.5A. A segunda opção não é inclusa, deve ser comprada à parte.

Vox Mini Go

Os modelos de amplificador de 3, 10 e 50 watts estão à venda no exterior, respectivamente, por US$ 170, US$ 230 e US$ 300 (R$ 921, R$ 1.246 e R$ 1.625, na ordem citada, em transação direta e na cotação atual). O footswitch pode ser adquirido separadamente por US$ 70 (R$ 379).