Tom Morello revela que “rejeitava publicamente” Jimi Hendrix para evitar comparações racistas

No início de sua carreira, público sempre pedia nos shows para que ele tocasse com os dentes ou tocasse Foxy Lady
Tom Morello

O guitarrista Tom Morello, do Rage Against The Machine, explicou o triste motivo pelo qual “rejeitava publicamente” a figura de Jimi Hendrix no início de sua carreira. Segundo o músico, as pessoas utilizavam essa comparação como forma de racismo.

“Eu precisei me distanciar da imagem do Jimi Hendrix para poder ser o guitarrista que eu queria ser. Em todo show que eu tocava, quando estava começando, precisava rejeitar publicamente o Jimi. As pessoas me viam e já falavam: ‘Toca Foxy Lady!’ ou ‘Toca com os dentes!’. Elas achavam que um guitarrista negro só poderia fazer essas coisas”, refletiu.

O assunto foi comentado por Tom Morello durante sua participação no NME, com trechos transcritos pela Guitar Magazine. O guitarrista também afirmou que, felizmente, essa não é mais sua realidade.

“Fico muito agradecido que esse tipo de coisa tenha deixado de acontecer comigo. Grande parte do meu público fica chocado quando digo que me identifico como negro. Existe um preconceito no DNA do rock, embora o gênero tenha sido criado pela comunidade negra”, afirmou.

O novo álbum de Tom Morello

Tom Morello se prepara para lançar, no dia 15 de outubro, o novo álbum “The Atlas Underground Fire”. Entre os convidados para o disco estão grandes nomes como Bruce Springsteen, Eddie Vedder e Damian Marley.

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Publicidade

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Os conteúdos mais relevantes para os apaixonados por guitarra em um único lugar. Aproveite, é grátis mas por tempo limitado.