Rolling Stones não tocarão mais “Brown Sugar” por causa de referência à escravidão; entenda

Mick Jagger e Keith Richards revelaram que não pretendem mais tocar clássico para evitar problemas
the rolling stones

A banda Rolling Stones anunciou que não vai tocar mais ao vivo o clássico “Brown Sugar”, lançado no disco “Sticky Fingers”, de 1971. Segundo Mick Jagger e Keith Richards, o objetivo é evitar problemas por causa da referência à escravidão que aparece na letra.

“Não sei bem qual é o problema, será que as pessoas não percebem que a música é sobre os horrores da escravidão? Agora, não quero me chatear com isso, mas espero que possamos voltar a tocar em algum momento no futuro. Tocamos ‘Brown Sugar’ todas as noites desde os anos 1970, mas vamos tirar do setlist e ver como as coisas ficam”, disseram.

O assunto veio à tona durante entrevista da dupla para o L. A. Times, com trechos transcritos pela Ultimate Guitar. Mick Jagger explicou que existe a chance do clássico ser tocado novamente. “Escolher um set completo para shows em estádio é difícil, pode ser que a música volte. No último show, toquei ‘Let it Bleed’, com uma guitarra de doze cordas”, completou.

Os Rolling Stones e o clássico “Brown Sugar”

A música “Brown Sugar” é uma das mais famosas da longa discografia do Rolling Stones. Com um dos riffs mais icônicos de Keith Richards, o clássico apresenta uma das letras mais intensas da banda, com referências diretas ao período escravagista. Dessa forma, a música aborda temas como o tráfico internacional de escravos e a época dos navios negreiros.

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Publicidade

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Os conteúdos mais relevantes para os apaixonados por guitarra em um único lugar. Aproveite, é grátis mas por tempo limitado.