A diferença entre solo de guitarra criativo e clichê, segundo Bradley Hall; assista

Guitarrista e youtuber explica quais fatores que, sem sua visão, podem fazer diferença na hora de compor solo criativo
solo de guitarra

Na hora de compor um solo de guitarra, diversas escolhas de notas, escalas e fraseados podem fazer com que o resultado seja algo criativo ou clichê. Em um curto vídeo no seu canal no youtube, o guitarrista Bradley Hall demonstrou com sua guitarra as principais diferenças desses dois tipos de solo. Assista no vídeo abaixo.

Segundo Bradley, um solo considerado criativo inclui fraseados mais “estranhos” que fogem do lugar-comum. Outra característica inerente a essa abordagem é a constante mudança de tonalidade ao longo das frases do solo.

Já na segunda metade do vídeo, o guitarrista passa a tocar o solo clichê, com frases mais padrão e se mantendo apenas em uma tonalidade. Embora seja considerado menos criativo do que o anterior por Bradley, o guitarrista reforça no vídeo que às vezes o solo de guitarra mais padrão funciona muito bem. Por fim, o músico pergunta para seus inscritos qual versão é a mais interessante.

Solo de guitarra criativo ou clichê?

Nos comentários do vídeo, a maioria dos seguidores concordou que uma combinação entre o solo criativo e clichê seria o melhor dos mundos. Outro internauta disse que o solo clichê soa mais familiar e confortável, enquanto um dos comentários diz que a versão criativa é bastante válida, pois testa os limites do que funciona musicalmente.

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Os conteúdos mais relevantes para os apaixonados por guitarra em um único lugar. Aproveite, é grátis mas por tempo limitado.