ZZ Top vende catálogo musical por US$ 50 milhões para BMG/KKR

Com acordo, banda do guitarrista Billy Gibbons cede roylties e direitos dos álbuns, além de renda de performances
Billy Gibbons ZZ Top
Foto: divulgação
Publicidade - OTZAds

A banda de blues rock ZZ Top vendeu os direitos de todo seu catálogo musical para a BMG e para a KKR por US$ 50 milhões. Todos os royalties e direitos dos álbuns do grupo estão incluídos na venda, bem como a renda de futuras performances.

Dessa forma, a banda do guitarrista Billy Gibbons se junta a artistas como Mick Fleetwood, Tina Turner e Mötley Crüe no grupo que decidiu vender seus direitos musicais para a BMG, que anunciou uma parceria com a KKR em março de 2021.

Publicidade - OTZAds

O empresário do ZZ Top, Carl Stubner, afirmou que está orgulhoso desse contínuo processo de expansão da marca da banda. “Tenho certeza que a parceria com a BMG e esse novo acordo vai fazer com que o legado do ZZ Top seja mantido nas gerações futuras”, afirmou. Já Hartwig Masuch, CEO da BMG, se mostrou contente com o acordo firmado.

Publicidade

“Esse acordo é testemunha do sucesso e da relevância da banda, e também atesta o sucesso da nossa parceria com a KKR. Essa parceria não é apenas pelo lado financeiro, mas também é um compromisso de respeito por tudo que esses artistas fizeram”, comentou.

Publicidade - OTZAds

A venda do catálogo do ZZ Top

A recente venda do catálogo musical da banda d Billy Gibbons para a BMG/KKR é mais um capítulo desse que se vem se tornando um negócio cada vez mais comum na indústria da música. Recentemente, o músico Bruce Springsteen também negociou seus direitos por sua obra para a Sony por US$ 500 milhões.

Publicidade

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Os conteúdos mais relevantes para os apaixonados por guitarra em um único lugar. Aproveite, é grátis mas por tempo limitado.