A habilidade que Steve Vai procura nos bateristas que trabalha (mas quase nenhum tem…)

Guitarrista disse que não basta que músicos sejam apenas bons entendedores de ritmo e batidas
steve vai
Publicidade - OTZAds

O guitarrista Steve Vai apresenta uma longa carreira e uma extensa lista de músicos que já participaram de seus álbuns. Mas qual será a habilidade que o músico busca em bateristas, mas que praticamente nenhum deles parece ter?

Em entrevista ao canal Drum Channel transcrita pelo Ultimate Guitar, Steve Vai explicou que os bateristas precisam entender sobre ritmo e batidas, mas apenas isso não basta para que sejam mais “profundos” e “complementem” as músicas.

Publicidade - OTZAds

“É ótimo trabalhar com bateristas que obviamente entendem de batidas, que conseguem fazer isso… E, sem desrespeito aos bateristas, mas é raro que haja um que ouça com ouvidos de compositor. Se você apenas entregar a alguém uma parte de guitarra e uma parte de baixo, há um elemento de composição que pode fluir para ele, se as ferramentas estiverem lá. Quando isso acontece, o resultado é que tem uma profundidade com um elemento de composição que muitos bateristas não se aprofundam”, disse.

Publicidade

Steve Vai e os bateristas

Em outro ponto, Steve Vai disse que é preciso que os bateristas atuem complementando as ideias propostas em suas composições. “Como guitarrista, ou qualquer músico, quando você está gravando algo, você tem seus próprios segredinhos. Mas quando alguém ouve isso, complementa, e eles sabem que é um ponto ideal, porque eles sentem dessa forma, isso requer um instinto de composição”, concluiu.

Publicidade - OTZAds

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Os conteúdos mais relevantes para os apaixonados por guitarra em um único lugar. Aproveite, é grátis mas por tempo limitado.