Grátis!

Leia agora a nova edição da Guitarload

A edição ficará disponível gratuitamente até o contador abaixo zerar. Aproveite!

Dias
Horas
Min.
Seg.

Editorial

A pandemia mostrou, de várias maneiras, que o ser humano precisa se reinventar. Sempre.

O segmento musical, especialmente, aprendeu muito com toda essa situação. Diversos artistas usaram esse período para se reinventar de diferentes formas. Muitos nem tiveram escolha – tiveram que parar em meio à pandemia e, certamente, sofreram muito com isso. Reflexos de todo um sistema que precisa se reinventar.

Boa parte do conteúdo da edição 107 da Guitarload está ligado à reinvenção. O grande destaque é a entrevista de capa: Kiko Loureiro, guitarrista extremamente inquieto que mostrou mais uma de suas talentosas facetas em seu novo álbum solo, “Open Source”. É um dos melhores trabalhos do músico em muito tempo – e o bate-papo revela bem o porquê.

O Bad Wolves, banda americana com a qual conversamos para esta edição, representa uma reinvenção dentro do heavy metal como um todo. Com dois álbuns, o grupo já tem feito grandes shows e conquistado milhões de streams. Tudo isso no segmento da música pesada, que é bem fechado a novidades.

A edição 107 traz, ainda, um artigo especial sobre José Silva, o Zezinho, da Explend Amplificadores Valvulados, que nos deixou em 2019. Sempre curioso pelas áreas da música e eletrônico, ele criou a empresa e passou a fabricar amplificadores depois de anos trabalhando como bancário. Talvez ninguém esperasse, mas ele se reinventou – e fez bem.

A tal reinvenção não precisa representar uma ruptura completa do passado. Por isso, o artigo especial sobre os atrativos turísticos da cidade americana de Memphis, o berço do rock and roll, enche o coração de inspiração.

Sempre devemos olhar para trás e reverenciar os grandes. Ao mesmo tempo, é obrigação de cada um buscar um futuro cada vez melhor.

Cadastre-se para ler gratuitamente!