Foto: reprodução / VisualHunt

Como soaria o solo de guitarra perfeito? Um método científico aplicado pela revista ‘Total Guitar‘ chega a essa resposta – ao menos na visão dos responsáveis, é claro.

A publicação fez uma enquete para descobrir quais os 50 melhores solos de guitarra, na opinião de seus leitores. O solo de Brian May para ‘Bohemian Rhapsody’, clássico do Queen, ficou em primeiro lugar na votação, que também contemplou composições de Pink Floyd, Guns N’ Roses, Deep Purple e mais.

#Publi[pro_ad_display_adzone id="21481"]

Diante disso, os responsáveis pela revista analisaram cada solo de guitarra escolhido em termos de tonalidade, tempo, melodia e outros fatores para extrair o que há de melhor em cada um deles. Eles, então, reuniram todos esses pontos positivos e construíram o que seria o solo de guitarra perfeito.

Os critérios foram explicados pela ‘Total Guitar‘. Leia a seguir:

“Primeiro, o tempo – os 50 melhores solos variam entre 64 e 170 bpm, então optamos por 120 bpm, perto da média. Uma tonalidade menor é essencial, então estamos em mi (E) menor, mas com alguns momentos próximos de mi harmônico menor e mi dórico. Um mínimo de 2,5 oitavas de intervalo de afinação é vital, e cobrimos cerca de três oitavas.

As notas mais baixas aparecem na primeira metade do solo, antes de chegar ao ponto mais alto posteriormente. Os compassos com mais notas começam a cerca de dois terços do caminho e nos certificamos de incluir uma mistura de shredding com ganchos melódicos – o essencial.

Seguindo um lick de abertura melódico, passamos para um arpejo no estilo ‘Comfortably Numb’ (Pink Floyd), notas em staccato no estilo ‘Bohemian Rhapsody’ e tapped bends inspiradas em ‘Crazy Train’ (Ozzy Osbourne).

Em seguida, há palhetadas do tipo ‘Highway Star’ (Deep Purple), com breves licks inspirados em ‘Free Bird’ (Lynyrd Skynyrd) e ‘Sweet Child O’Mine’ (Guns N’ Roses) para levar a uma ideia tipo ‘Fade To Black’ (Metallica).

Os arpejos que se seguem fazem referência ao ‘Hotel California’ (Eagles) em meio a uma progressão de acordes influenciada por ‘While My Guitar Gently Weeps’ (Beatles). Completamos com mais referências a ‘Sweet Child’ e harmônicos no estilo ‘Beat It’ (Michael Jackson). Ufa!”

Ficou curioso? Ouça a seguir e tire suas conclusões.

O solo de guitarra perfeito, segundo a ‘Total Guitar’