richie kotzen

Em entrevista exclusiva ao portal Ultimate Guitar, o virtuoso guitarrista Richie Kotzen contou um pouco sobre os seus primeiros passos com o instrumento. Entre alguns temas tratados, falou, principalmente, sobre os equipamentos utilizados no início de sua jornada no mundo da música.

Kotzen conta que a primeira guitarra de verdade que teve fora um exemplar de uma Gibson Marauder, comprada pelos seus pais quando ele tinha sete anos — antes dessa, o músico havia adquirido um outro modelo qualquer em um bazar de garagem, mas que não era tocável. Fora de produção há muitos anos, a Gibson fabricou o modelo Marauder por apenas cinco anos, entre 1974 e 1979.

Publicidade

gibson marauder

Depois de certo tempo, quando perceberam que a música era mesmo o destino da vida do filho, os pais de Richie Kotzen quiseram dá-lo uma Les Paul. No entanto, a compra acabou sendo outra: “quando eu tinha 12 ou 13 anos, meus pais queriam me comprar uma Les Paul. Porém, quando eles chegaram na loja, a Yamaha tinha acabado de lançar um modelo chamado SG2000.”

A guitarra ao qual Kotzen se refere, na época, era usada por Carlos Santana, o que a elevou a um patamar de popularidade considerável entre os consumidores: “um monte de gente estava tocando esse modelo, e parecia que se tornaria a nova ‘guitarra pop’”. Resultado: a Yamaha SG2000, enfim, se tornou o principal instrumento do músico por muito tempo.