A principal crítica de Steve Vai aos novos guitarristas: ‘Mesmas progressões de acordes’