Yngwie Malmsteen tocando ao vivo

Em recente entrevista, Yngwie Malmsteen explicou sua preferência por escalas escalopadas.

“É uma coisa engraçada, porque, quando eu era jovem, Ritchie Blackmore era meu herói. Naquela época, não havia internet, não havia revistas, não havia onde você pudesse descobrir o que as pessoas estavam fazendo. Não havia nada, então eu não tinha ideia se ele realmente usava algum tipo de escala escalopada. No entanto, eu estava trabalhando como aprendiz em uma loja de luthiers e vi um velho alaúde escalopado, então experimentei e gostei das pegada das cordas naquele instrumento”, diz o músico.

Publicidade

“Basicamente, é como ter trastes muito altos. Mas comigo é mais extremo, porque cavei a madeira e ainda instalei trastes altos. Você pode colocar um maldito trem ali… Então eu meio que fiz tudo junto. ‘Mais é mais’ é o meu lema”, explica o guitarrista à equipe da Sweetwater

Leia também: Malmsteen diz que “os vocalistas parecem pensar que são mais importantes”

Dica aos guitarristas

Durante o bate-papo, Malmsteen também deu conselhos aos músicos que buscam seguir seus passos.

“Há muitas coisas que você pode dizer sobre isso, mas o mais importante é que você tem de ter paixão pelo que faz. E, se a paixão está lá, posso citar uma frase de Niccolò Paganini, meu maior herói: ’para fazer com que os outros sintam fortemente, você deve sentir fortemente’. Em outras palavras, não tente fazer o que outra pessoa diz. Não faça algo que você acha que as outras pessoas vão gostar, mas faça o que quiser e não dê a mínima para o que os demais falam”, finaliza o instrumentista sueco.

Em seguida, confira a execução de Malmsteen para a música “Far Beyond The Sun”, uma das composições icônicas do guitarrista:

Deseja saber as novidades sobre Yngwie Malmsteen? Então acompanhe o site do artista.