Kirk Hammett com um wah-wah

Guitarrista do Metallica, Kirk Hammett recentemente falou sobre sua notável paixão pelo efeito de wah-wah à equipe da Metal Hammer.

“Para mim, o wah-wah é muito parecido com a voz humana. Não é tanto sobre o ‘som de wah-wah’, mas, sim, em ser capaz de manipular o timbre de acordo com o que estou sentindo no momento. Isso realmente cria uma melhor conexão com a parte mais profunda de mim”, explica.

Publicidade

“Hendrix não foi realmente a primeira pessoa que ouvi usar um pedal wah-wah – foi Brian Robertson, do Thin Lizzy! A primeira vez que fiquei sabendo disso foi com a música ‘Warriors’, do disco Jailbreak, de 1976. Ele vem com estas duas notas totalmente apagadas, e eu disse ao meu amigo: ‘O que é isso?!’. Ele respondeu: ‘Isso é um pedal wah-wah’. Então falei: ‘Uau, fantástico!’. E fiz uma anotação mental disso…”.

Em seguida, ouça a canção citada por Kirk Hammett:

Não deixe de ler: Metallica usou Mesa Boogie em ‘Master’ por causa de patrocínio

Ausência de solos em St. Anger

Há poucos meses, Kirk Hammett falou sobre a falta de solos no álbum de 2003 da banda, St. Anger.

“Acho que foi apropriado para a época, mas, olhando para trás, não parece tão apropriado para mim agora!”, afirmou o músico.

“Sempre irei me opor a isso, mas acho que a mensagem foi entendida depois daquele álbum: os solos são necessários no Metallica! As pessoas estão ansiosos para ouvi-los. Então, para mim, foi uma estranha reivindicação.”

Quer acompanhar as novidades sobre o Metallica? Então visite o site oficial da banda.