Fotos: divulgação

Desde o início da pandemia, diversas teorias da conspiração envolvendo a Covid-19 começaram a circular nas redes sociais. Uma delas, apontando um suposto diagrama de um microchip 5G que seria instalado no corpo de quem tomar a vacina, chamou atenção dos guitarristas por trazer, na verdade, o circuito de um pedal da Boss.

A bizarra teoria vinha sendo compartilhada, especialmente, entre italianos por intermédio de uma imagem de um diagrama que indicaria a presença do microchip na vacina. Segundo os conspiracionistas, as autoridades de todo o mundo estariam trabalhando em conjunto para garantir que o chip iria monitorar e controlar as atividades da população mundial.

O problema é que os responsáveis pela teoria são tão descuidados que deixaram diversos termos relacionados ao mundo dos guitarristas no tal diagrama. Palavras como “bass”, “treble”, “mid”, “volume”, “input”, “gain” e “footswitch”, relacionadas ao funcionamento de pedais de guitarra e baixo, foram mantidas, o que gerou a curiosidade de alguns músicos.

Diagrama conspiracionista do microchip 5G que seria instalado no corpo humano por intermédio da vacina contra Covid-19 (foto: divulgação)

Um deles, o italiano Mario Fusco, comparou o diagrama da teoria da conspiração com a estrutura do pedal Boss Metal Zone MT-2, um dos clássicos da fabricante. Eureka: era a mesma estrutura.

“Aqui na Itália as pessoas começaram a compartilhar esta imagem, alegando que seria o diagrama do chip 5G que foi inserido na vacina contra Covid. Na verdade, é o circuito elétrico de um pedal de guitarra”, disse Fusco, pelo Twitter. Em seguida, ele brincou: “Acredito que colocá-lo na vacina foi uma excelente ideia”.

https://twitter.com/mariofusco/status/1343547724013187072
Diagrama real do pedal de distorção Boss Metal Zone MT-2 (foto: divulgação)

Descrito como o pedal mais popular da Boss, o Metal Zone MT-2 é, conforme o nome indica, recomendado para guitarristas de heavy metal. “Equipado com um circuito duplo de ganho, o MT-2 proporciona sustain” incrível além de graves e médios pesados como o obtido com uma stack de amplificadores valvulados. Com o equalizador paramétrico de três bandas, diferentes texturas de distorção ficam sob o comando do guitarrista”, diz um texto de divulgação da fabricante.