Steve Vai revela qual o grande diferencial de Zakk Wylde enquanto guitarrista

Zakk Wylde, braço-direito de Ozzy Osbourne há anos, é um dos grandes guitarristas do heavy metal. O grande diferencial dele na guitarra foi discutido em entrevista por seu amigo Steve Vai.
Foto: divulgação

Zakk Wylde é um dos grandes guitarristas do heavy metal. Além de acompanhar Ozzy Osbourne há décadas e lançar bons projetos solo como o Black Label Society, o músico tem um estilo peculiar e facilmente identificável na guitarra.

Em entrevista ao “Cassius Morris Show“, transcrita pelo Ultimate Guitar, o colega de instrumento Steve Vai exaltou os talentos de Zakk Wylde. Os dois trabalharam juntos no projeto Generation Axe, que também inclui Tosin Abasi, Yngwie Malmsteen e Nuno Bettencourt.

Inicialmente, Vai disse que a relação com os músicos do Generation Axe é ótima. “Com Zakk, é como com os outros caras: é uma relação profissional, nos conhecemos há anos e estamos no mesmo negócio, no mesmo nível. Sempre somos legais uns com os outros. Ocasionalmente, nos juntávamos para tocar juntos, mas só deu para conhecê-los mesmo em turnê. E eu os amo como irmãos”, disse.

Zakk Wylde e suas características

Em seguida, Steve Vai comentou que é difícil descrever Zakk Wylde. “Ele é tão engraçado, tão amável, tão intenso. Ele é autêntico. As pessoas sofrem para encontrar suas personalidades mais autênticas, pois na maioria das vezes não estão sendo elas mesmas, estão imitando outra pessoa ou agindo diferente dependendo do círculo social. Zakk não é assim, ele é Zakk não importa com quem esteja”, afirmou.

Steve também destacou que o amigo é “muito inteligente, mas tem aversão a ser sério”. Por fim, citou qual é o grande diferencial dele enquanto guitarrista.

“Zakk é perfeito para o que ele faz. Nunca vi um músico com tanto vigor como ele. Eu o via tocando e ele simplesmente detonava, detonava, detonava, e eu pensava: ‘esse filho da p*ta não para!’. Pensava: ‘ok, tudo bem, preciso fazer igual a ele’, pois aquilo me inspirava. Não dá para fazer igual a ele, claro, porque é muita intensidade para um solo de 12 minutos sem fraquejar”, concluiu.

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Publicidade

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Informação, entrevistas, lançamentos e muito mais!