Smashing Pumpkins pode acabar após novo disco

De acordo com Billy Corgan, Oceania pode ser o último suspiro da banda

O vocalista, compositor, guitarrista, líder e faz-tudo do Smashing Pumpkins, Billy Corgan, deu a entender à revista Billboard que o novo disco “Oceania” é uma espécie de “vai-ou-racha” para a banda. De acordo com ele, se o álbum não tiver muita atenção dos fãs e da mídia, as “abóboras esmagadas” podem encerrar as atividades de vez.

“Se as pessoas começarem a se interessar por nós, acho que os próximos três ou quatro anos serão bem interessantes para a banda”, disse. “Mas, caso isso não aconteça, teremos que voltar atrás e avaliar de verdade para onde estamos indo, porque investimos uma tremenda quantidade de energia nisso e não queremos depois nos sentir como uma pedra no oceano.”

O novo disco será lançado no formato tradicional, ao contrário de “Teargarden by Kaleidoscope”, que foi divulgado faixa-a-faixa de maneira gratuita na Internet. Corgan afirma que a mudança de estratégia se deu porque ele supervalorizou o uso da plataforma on-line para a veiculação de seu trabalho.

“Não consegui o alcance que esperava. Temos 1,3 milhão de pessoas em nossa página no Facebook. Imaginei que bastava só colocar uma faixa lá e 1,3 milhão de pessoas a escutariam. Entretanto, elas só vão fazer isso caso estejam na Web no exato momento em que a música é postada”, explicou. “Desta forma, não alcançamos o público que ainda recebe informação de fontes tradicionais. Por isso, cheguei a conclusão que deveria voltar a lançar um disco ainda”.

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Publicidade

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Informação, entrevistas, lançamentos e muito mais!