Malmsteen tocando guitarra à frente de uma parede de Marshalls

Em uma recente entrevista, Yngwie Malmsteen falou sobre equipamentos e instrumentos, descrevendo a si mesmo como um “purista”.

“Tenho orgulho de dizer que fui o primeiro guitarrista a ter uma Fender signature depois de Eric Clapton. Eles não me deram gratuitamente… Mas, neste ano, acho que no começo de junho ou algo assim, será lançada uma edição comemorativa do 30º aniversário da Fender Yngwie Malmsteen. Isso vai ser incrível. Vai ter essas listras, chamadas ‘maple cap‘, que o modelo ’68 teve. Estou muito animado com isso”, diz.

Publicidade

Purista

O guitarrista conta que não gosta de “inventar” quando o assunto são seus instrumentos. “Para ser honesto com você, sou um pouco purista com equipamentos. É engraçado… Quando vim pela primeira vez aos Estados Unidos, todas as empresas de guitarra e amplificadores me disseram: ‘Daremos o que você quiser’. Eu respondi: ‘Não, eu quero ficar com a Fender e a Marshall’. Acho que vale a pena ser focado e direto, não seguir as tendências”.

Questionado sobre a famosa parede de amplificadores Marshall que ele exibe em seus palcos, Malmsteen garante que não são de mentira. “Os amps são todos reais, absolutamente. Você pode ir lá atrás e olhar”.

Não deixe de ler: Yngwie Malmsteen retorna ao blues em novo álbum

Outros instrumentos

Na mesma entrevista, Malmsteen também comentou o fato de ser multi-instrumentista. “Nos meus discos, faço todos os instrumentos: baixos, teclados, cítaras, guitarras, vocais, tudo. Tentei tocar violino algumas vezes, até tenho um, mas é um animal muito diferente, é muito pequeno. Já o violoncelo foi fácil de aprender”.

Deseja saber as novidades sobre Yngwie Malmsteen? Então acompanhe o site do artista