Foto: divulgação

A Flying V pode revolucionar o mercado da aviação. Não, você não leu errado! Na Holanda, a companhia aérea KLM e a Universidade de Tecnologia de Delft estão desenvolvendo um avião inspirado no modelo de guitarra da Gibson – e que traz até o mesmo nome.

O avião Flying V está atualmente em fase de testes. Um aeromodelo de escala, de 22,5 kg e 3 metros, concluiu sua primeira viagem com sucesso.

Ainda não há previsão para o lançamento do modelo padrão, mas as testagens já descartaram quaisquer problemas com a decolagem – um receio que os pesquisadores tinham anteriormente.

“Uma de nossas preocupações era que a aeronave pudesse ter alguma dificuldade para decolar, já que cálculos anteriores haviam mostrado que a ‘rotação’ poderia ser um problema. A equipe otimizou o modelo de voo em escala para evitar o problema, mas só teremos certeza de tudo após um voo de teste”, disse Roelof Vos, professor assistente da faculdade de engenharia aeroespacial da Universidade de Tecnologia de Delft, em comunicado publicado pelo site da ‘CNN’.

O grande trunfo do avião Flying V é reduzir o consumo de combustível em 20% em comparação aos outros modelos de aeronave. A mudança no desenho faz com que as cabines de passageiros, áreas de carga e tanques de combustível fiquem nas asas.

Dessa forma, economiza-se combustível – o que pode baratear os custos de se viajar de avião -, além de reforçar a sustentabilidade. Todos saem ganhando. E no maior estilo da Flying V!