Myles Kennedy revela a diferença entre trabalhar com Alter Bridge e Slash

Distinções não se concentram apenas nos estilos, mas também nos processos de composição
Foto: reprodução / YouTube

Myles Kennedy é um dos caras mais workaholics do rock. O vocalista e guitarrista do Alter Bridge também trabalha ao lado de Slash, na carreira solo do músico, além de ter seus projetos paralelos.

Em entrevista ao Appetite For Distortion, transcrita pela Ultimate Guitar, o músico explicou as principais diferenças entre trabalhar com o Alter Bridge, na parceria com o guitarrista Mark Tremonti, e com Slash.

Myles Kennedy, Alter Bridge e Slash

A flagrante diferença de estilo das bandas foi o primeiro ponto abordado por Myles. Segundo ele, o Alter Bridge tem um som mais voltado para o heavy metal, enquanto Slash possui influências de blues, rock clássico e country.

Há, ainda, diferenças no processo criativo em si. No caso do Alter Bridge, o músico observou que costuma juntar suas ideias com as de Mark Tremonti, guitarrista da banda. “Para a gente, funciona bem dessa forma, cada um leva uma parte melódica”, disse.

Com o Slash, entretanto, não é bem assim. Ele explica: “Slash já traz riffs e progressões de acordes prontos. Às vezes, tento encaixar ideias e falo: ‘o que você acha desse outro acorde aqui?’. No final, meu trabalho normalmente é criar melodias para as letras dele”.

Guitarrista e vocalista do Alter Bridge há quase vinte anos, Myles Kennedy integra também a banda solo de Slash, além de outros projetos. O segundo álbum de sua carreira solo, “The Ides Of March”, será lançado no dia 14 de maio, pela Napalm Records.

Texto por Gustavo Maiato
Edição por Igor Miranda

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Publicidade

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Informação, entrevistas, lançamentos e muito mais!