Bumblefoot critica baixa remuneração dos músicos: ‘Somos vendedores de camisetas’ 

“Não fazemos isso para ficar ricos”, disse o guitarrista

Para informações em tempo real sobre o mundo da guitarra, siga o canal da Guitarload no WhatsApp:

Em recente entrevista, Ron “Bumblefoot” Thal criticou a indústria artística por remunerar mal a maior parte dos profissionais. Porém, de acordo com o guitarrista que tocou no Guns N’ Roses e integra o supergrupo Sons Of Apollo, ainda vale a pena viver de música.

“Há o lado bom e o ruim. É o que sempre sonhamos. Qualquer um pode lançar sua música para o mundo inteiro de graça. Antigamente, era preciso contratar um advogado para saber quanto dinheiro seria necessário”, iniciou.

| Leia também: Guitarrista do Kansas diz que “fazer discos não dá mais dinheiro”

Vendedores de camisetas

No bate-papo com o canal The Heavy Hooks Show, o músico explicou por que é preciso ter cautela com os acordos musicais da atualidade. 

“Hoje, se você conseguir um contrato, terá muito dinheiro. No entanto, trata-se apenas de um empréstimo com taxa de juros de 900%. Se você sair em turnê, é basicamente a mesma coisa.”

Na visão de Bumblefoot, contratar um estúdio e pagar um produtor são ações muito onerosas. Nesse sentido, a saída para ter algum lucro é a venda de produtos licenciados.

“Todo a grana que a gravadora diz que vai lhe dar acaba indo para outro lugar. Então, a única coisa que você pode fazer para ganhar dinheiro é vender camisetas. Somos vendedores ambulantes de camisetas”, afirmou.

Apesar das dificuldades, ele concluiu de forma positiva: “Quer saber? F***-se. Não fazemos isso para ficar ricos. Se fosse o caso, estaríamos fazendo outra coisa. Fazemos isso porque amamos música. Essa é a recompensa.”

Assista à entrevista completa abaixo (em inglês):

Curtiu? Compartilhe!
Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
Email
Comentários:
Receba nossos melhores conteúdos em tempo real!

Preencha os dados abaixo para receber nossos conteúdos no Whatsapp