Joe Satriani revela que usa Fender Esquire em todos os discos desde 1992

Joe Satriani é um dos guitarristas mais notáveis a usar Ibanez. Porém, a única guitarra que ele usa em todos os discos desde 1992 é uma Fender Esquire.
Foto: divulgação

Joe Satriani é um dos guitarristas mais notáveis a usar Ibanez. O músico utiliza seu modelo signature JS há muitos anos e sempre aparece com a guitarra em questão nos shows, clipes e fotos de divulgação.

Apesar de curtir muito suas Ibanez, Joe Satriani repetiu apenas uma guitarra em todos os seus álbuns de estúdio desde a década de 1990. Em entrevista à Guitar Player, o músico revelou que o instrumento em questão é uma Fender Esquire vintage – que não costuma ser a principal nas gravações, mas está sempre ali, de uma forma ou outra.

Foto: Paul Haggard / Guitar World

“Essa é a minha favorita. Nunca vou passar essa guitarra para frente. Chris Kelly, que trabalhava na Ibanez, encontrou essa guitarra para mim em 1992 e eu a comprei por telefone, bem antes de termos sites como eBay, Reverb e afins”, afirmou o músico, apontando que, como a adquiriu no início dos anos 90, não usou a guitarra em questão em seus três discos da década de 1980, que são ‘Not of This Earth’ (1986), ‘Surfing with the Alien’ (1987) e ‘Flying in a Blue Dream’ (1989).

Estreando nas lojas em 1950 como uma versão mais barata da Telecaster, a Fender Esquire em questão apareceu, pela primeira vez, no álbum ‘The Extremist’, de 1992. Desde então, apareceu em todos os outros álbuns lançados pelo guitarrista – inclusive ‘Shapeshifting’, que já está pronto e será divulgado no próximo dia 10 de abril. São, ao todo, 13 discos em sequência com o instrumento.

“Eu a uso de todo jeito: limpa, distorcida, com slide, para power chords… é uma bela guitarra. É como se o braço tivesse sido feito para mim. Não sei como fizeram isso em 1958!”, afirmou.

Embora tenha a Fender Esquire em questão como sua favorita, Joe Satriani admira outros itens vintage de sua coleção. Entre elas, estão uma Gibsn Les Paul Custom ’69 e uma Fender Electric XII ’66. “Tenho usado muito guitarras vintage nos últimos 10 anos. Eu costumava ter entre 30 e 40 guitarras desse tipo e gosto de usá-las junto de minhas Ibanez nos álbuns, para dar uma variada nos tons. Tenho negociado e vendido, porque há outras pessoas que adorariam tê-las”, disse.

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Publicidade

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Informação, entrevistas, lançamentos e muito mais!