Slash em cima do palco com uma Les Paul

Em recente entrevista, Slash foi perguntado sobre o que o mantém ativo na vida musical por tanto tempo e se há uma motivação maior do que fazer shows.

“Não há motivação maior. É tudo sobre a música. A única razão pela qual faço discos é para que eu possa sair por aí fazendo turnês. Porque, como guitarrista, adoro tocar guitarra – não amo gravar em estúdio nem ficar sentado na minha casa tocando… Gosto mesmo é de tocar ao vivo”, afirma.

Publicidade

“Sou meio que um caso raro. Não há muitas pessoas fazendo isso tanto tempo quanto eu ou que realmente gostem como eu“, completa Slash.

Leia: Slash explica readaptação no retorno ao Guns N’ Roses

Shows no Brasil

Ao lado do vocalista Myles Kennedy e da banda the Conspirators, Slash fará oito shows no País entre maio e junho de 2019.

Em seguida, confira as datas confirmadas:

  • Porto Alegre (Pepsi on Stage) – 21 de maio
  • Florianópolis (Stage Music Park) – 22 de maio
  • Curitiba (Live Curitiba) – 24 de maio
  • São Paulo (Espaço das Américas) – 25 de maio
  • Uberlândia (Arena Sabiazinho) – 27 de maio
  • Brasília (Net Live) – 29 de maio
  • Recife (Classic Hall) – 1º de junho
  • Fortaleza (Centro de Convenções do Ceará) – 3 de junho

As apresentações contarão com músicas do mais recente disco-solo do artista, Living the Dream.

Sobre Living the Dream

Ao falar a respeito do trabalho, lançado no último mês de setembro, Slash declarou que o álbum tem um pouco mais de diversidade do que os anteriores e algumas ideias que não são realmente previsíveis. “O disco também é um pouco mais estruturado, com composições mais curtas e diretas”, comentou o músico na oportunidade.

Deseja ficar por dentro das novidades sobre Slash? Então visite o site oficial do guitarrista.